por Beatriz Nascimento

25 January 2019

1 + 3 || UMA PEÇA DE ROUPA

Crédito: REMAKE 
Para mim sempre foi especialmente difícil escolher roupa. Nunca fui uma daquelas raparigas que passam o dia inteiro num centro comercial, em busca do outfit perfeito para sair para a balada a uma Sexta ou Sábado à noite.
Para ser honesta, o meu lado introvertido prefere longas maratonas em websites tipo Nasty Gal, ASOS ou Pretty Little Thing a tentar encontrar algo que eu sei que me irá durar um bom tempo.
Já gastei quantias altas (que na minha carteira se revelaram um tanto ou quanto como exorbitantes) em peças de roupa que usei uma ou duas vezes, assim como não paguei mais do que €10 por uma peça de roupa que tenha usado durante anos.
Mas o necessário é que seja, na sua inteira funcionalidade, uma peça de roupa que saiba que vale a pena comprar, mesmo que mais tarde seja transformada ou doada.

Sabiam que até na lavagem das nossas roupas estamos a poluir os Oceanos?

Para mim, especialmente desde que me tornei mais interessada em não ter tanta "tralha" (por assim dizer), que ando seriamente a tentar fazer um capsule closet, ou seja, apenas poucas peças de roupa que eu use a um nível diário, que fiquem bem conjugadas umas com as outras, criando assim conjuntos para sair ou mesmo ir trabalhar.
Ajudar a enaltecer a nossa saúde mental, seja da forma que seja, é sempre um requisito para mim, logo se ter um roupeiro com poucas roupas é algo que dizem que ajuda, eu alinho.

Uma das coisas que me estão a fazer consumir menos fast fashion é também o seu ataque contra os ecossistemas. Saber que mais de 10 toneladas de roupa por ano são mandadas para lixeiras a nível Mundial, e que as mesmas podem ficar ali bem mais do que um ou dois séculos, dependendo na sua composição têxtil, deixa-me preocupada com que tipo de Mundo e qual o estado dos ecossistemas serão deixados para a sobrevivência dos meus futuros filhos.
Sabiam que até na lavagem das nossas roupas estamos a poluir os Oceanos? Devido à existência de microfibras e micropartículas de plástico nas nossas roupas (sim, plástico!), com a lavagem essas acabam por ir pelos canos abaixo até aos rios e mares das nossas costas.
Por mais filtradas que as águas sejam e por mais componentes existentes nas ETARes para a filtragem e limpeza das águas, as micropartículas não são retiradas, pois os filtros não são pequenos o suficiente. Logo acabam por chegar aos mares e oceanos, ajudando à poluição por plástico.
Leiam este artigo da VOX (pré-aviso, o artigo encontra-se em Inglês), para perceberem melhor.
Sentir que existem pessoas que se recusam a aceitar que a pegada Humana está a destruir o nosso futuro, deixa-me sempre a pensar no que eu posso fazer para contribuir (ainda que com o mínimo que seja) para o não descambar total do Planeta Terra.
E se não ir tantas vezes ás compras, comprar apenas peças que sejam comfortáveis, me façam sentir bem e que eu saiba que vou usar durante bastante tempo, ajuda nem que seja 0.005%, acreditem que fico feliz.

SHARE:

No comments

Post a Comment

Thank you for commenting.
Do not forget to leave your blog link so I can return the love too!
xoxo, Bea

Blogger Template Created by pipdig